Aperfeiçoar e desenvolver habilidades de liderança por meio de práticas vivenciais em um ambiente criativo e de experimentação. É isso que se propõe a “Trilha da Desenvolvimento de Líderes de Equipes de Melhoria Contínua”. Produzida e idealizada pela União Brasileira para a Qualidade (UBQ), a trilha para a Pif Paf foi realizada em duas macroetapas: a primeira parte, realizada em Setembro, contemplou temas como gestão do tempo, gestão de equipes e autodesenvolvimento. A segunda parte, que começou ontem dia 09/11 e termina nesta sexta, dia 10/11, capacitou os participantes com relação às ferramentas da Qualidade, projetos de melhoria contínua e mensuração de resultados. Os trabalhos foram realizados na sede da Faculdade IBS/Fundação Getúlio Vargas (FGV), em Belo Horizonte.

 

WhatsApp-Image-2017-11-09-at-14.01

Um dos instrutores da trilha, Rafael Castilho, destaca a importância de um treinamento customizado: “O desenvolvimento da trilha em uma turma In Company, como é o caso da Pif Paf, é constituído não só nas experimentações e vivências já estruturadas nas propostas pedagógicas desse curso, mas também utilizando exemplos reais de projetos de melhorias desenvolvidas, salientando quais são as dúvidas no contexto organizacional da própria Pif Paf em relação às equipes de melhoria contínua. A todo momento, estamos trabalhando exemplos dentro da realidade organizacional da própria Pif Paf para atender de forma bastante específica e clara a necessidade e a realidade dos processos de melhoria contínua dentro da organização.”

 

Se você deseja conhecer mais sobre a Trilha de Desenvolvimento para Líderes de Melhoria Contínua, clique aqui.